Você conhece o comportamento de consumo do cliente do gás?

  • por
Tempo de leitura: 1 minuto

O comportamento de consumo, em geral, consiste na análise do perfil do consumidor, ou seja, dos hábitos, objetivos, percepções e influências para a aquisição de um determinado produto. Esse estudo contribui para que o empreendedor entenda as necessidades de cada cliente e invista em maneiras de satisfazê-las, já que todos esses fatores são determinantes para a decisão de compra. 

No caso do consumidor de gás de cozinha há a facilidade de acesso ao livre mercado. A grande concorrência beneficia o cliente com o poder de escolha de onde deseja adquirir o glp. Diante disso, as revendas buscam oferecer um diferencial com inovações mais assertivas, seja nas estratégias de atendimento ou no marketing de relacionamento, para atrair e fidelizar o consumidor.

No Brasil sempre existiu a cultura de fazer as refeições em casa, o que torna o glp um produto essencial na rotina e amplamente consumido por cerca de 95% das famílias. Com o início da pandemia do coronavírus e consequentemente das medidas de isolamento social, houve uma alteração do comportamento do consumidor de gás.

Algumas famílias chegaram a adquirir um botijão extra para estoque de glp, por medo da falta do produto. Outras passaram a cozinhar ainda mais em casa, seja para as próprias refeições ou para venda de alimentos como forma de complementar a renda familiar. Assim, o comportamento do mercado de glp também sofreu mudanças, pois teve que aumentar a distribuição rapidamente para garantir o fornecimento.

Nos últimos dois anos, o gás de cozinha tem sido também um aliado psicológico para a população. Isso porque muitas pessoas em quarentena começaram a se dedicar à culinária como forma de usar o tempo livre para se distrair ou executar novas receitas. Diante desse novo contexto, o consumo de gás teve um aumento de 23%, segundo o Ministério de Minas e Energia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.