Qual a importância do relatório para a gestão da sua revenda?

  • por
Tempo de leitura: 1 minuto

A administração de uma revenda de GLP (Gás Liquefeito do Petróleo) é algo que exige certo conhecimento, em relação à competitividade do mercado, compra e venda de mercadorias, faturamento, etc. Dessa forma, para que haja um planejamento estratégico sólido e tomada de decisões eficientes, se faz necessário criar e acompanhar periodicamente os relatórios de gestão.

Esses relatórios são elaborados a partir do desempenho das atividades da empresa, seus objetivos e resultados alcançados. Não existe um modelo único de documento para estruturar a exposição dos dados, pois ele pode ser desenvolvido tanto por meio de planilhas quanto em texto corrido ou através de um sistema gerencial e fiscal.

Um dos requisitos mais importantes de um relatório é a comunicação clara e detalhada das informações para todos os membros da equipe. É preciso incluir no documento os eventuais obstáculos que a empresa enfrenta e possíveis estratégias para contorná-las.

Descrever os reais problemas em um relatório ajuda a validar futuras ações e objetivos. Além disso, registrar as dificuldades da empresa auxilia na tomada de decisões e também a estabelecer com maior precisão prioridades no desenvolvimento das atividades diárias ou semanais.

As tarefas elaboradas precisam de um prazo estabelecido para execução e acompanhamento semanal, para verificar o que foi concluído e o que será necessário para finalizar as pendências para obter os resultados determinados. A revisão constante dos relatórios pode ser um diferencial para o crescimento da revenda de gás.

O sistema RevGás é uma excelente ferramenta para gerenciar uma revenda de GLP. O RevGás, a partir do cadastro da entrada e saída de produtos gera relatórios para acompanhamento diário, semanal, mensal e anual, e bem mais prático do que a elaboração manual de planilhas.

Assim, ao utilizar o RevGás para gerir a revenda, o empreendedor consegue facilmente visualizar os campos gerencial e fiscal do negócio, ou seja, acompanhar a quantidade de vendas efetuadas, o fluxo de caixa e também o faturamento adquirido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.